11 de abr de 2016

Oração do Dia: 11/04

        Peça para Deus em sua misericórdia conceder liberdade aos Haitianos que estão na escravidão. De acordo com Índice Global de Escravidão em 2014 fornecido pelo Walk Free Foundation, o Haiti é classificado como o terceiro nos países com maior predomínio da sua população sujeita a escravidão moderna. 

Um comentário:

  1. Olá, eu Juliana Taveira, apresento a oração de hoje. Quando estamos na escola, aprendemos sobre a escravidão. Sobre os homens negros que trabalhavam na lavoura do café. Que moravam em senzalas. Que eram punidos com chibatadas. Pessoas que não possuíam direitos e viviam apenas para trabalhar. Aprendemos, que depois de muita luta a escravidão foi banida da nossa sociedade. Mas será essa afirmação verdadeira? Infelizmente não. A escravidão nos dias de hoje passa despercebida, mas não pode ser negada. Existem hoje no mundo 27 milhões de escravos. Mulheres e meninas que são capturadas ou vendidas para serem escravas domésticas. Existe o tráfico de mulheres para a prostituição forçada, onde jovens são enganadas com a promessa de um bom emprego e acabam sendo escravas sexuais. Crianças que trabalham na extração do carvão e em olarias sem poder brincar ao estudar. Ao redor do mundo muitas são as situações onde pessoas vivem escravizadas. De acordo com Índice Global de Escravidão em 2014, fornecido pelo Walk Free Foundation, o Haiti é classificado como o terceiro dos países com maior predomínio da sua população sujeita a escravidão moderna. Quantas frentes de batalha este pequeno país possui, não é mesmo? Por favor, ore comigo: “Senhor, oramos agora, em favor de todos aqueles que estão trabalhando em regime de escravidão. Proteja-os da ira dos “Patrões” e lhes dê oportunidades de serem libertados desta situação degradante. Deus em Sua misericórdia concede liberdade aos haitianos que estão na escravidão. Oramos para que haja justiça e punição para todos aqueles que usam pessoas como escravos. Age Senhor e escuta o nosso clamor. Em nome de Jesus”. Eu, Juliana Taveira, conto com as suas orações!

    ResponderExcluir