20 de jun de 2016

Oração do dia: 20/06

Ore para que os pais e governantes se esforcem mais para acabar com o casamento infantil e oferecer educação de qualidade às meninas. Em algumas áreas de Moçambique, 68% das mulheres casam antes dos 18 anos, muitas antes dos 15. Ore para que os líderes das comunidades apoiem o novo plano da nação de pôr fim a esta prática.

Um comentário:

  1. Olá, aqui é a Susie Pek e apresento a oração de hoje. Os casamentos precoces e forçados são considerados uma forma de violência contra as mulheres. Embora o casamento infantil seja contra a lei, em muitos países milhares de meninas são dadas em casamento todos os anos e muitas vezes estas cerimônias são realizadas em segredo, na calada da noite, para que os pais e os noivos não sejam punidos pela polícia local. Muitas famílias veem as meninas como um peso econômico e não as valorizam; outras famílias têm tanto medo de que suas filhas fiquem grávidas antes do casamento, que consideram o casamento precoce um refúgio seguro para elas. Mudar essas ideias e mitos e fazer com que a lei seja cumprida exige um trabalho árduo junto aos pais, mães e líderes das comunidades. Em algumas áreas de Moçambique 68% das jovens casam antes dos 18 anos e muitas antes dos 15. Somente uma legislação forte e uma polícia atuante poderá inibir esta prática aviltante que condena estas pequenas vítimas a uma existência de dor e desesperança. Toda menina merece viver sua infância, brincar, sonhar, estudar e traçar sua vida. Acreditamos na pureza e na liberdade que cada menina tem de viver sua infância. Vamos orar? “Querido Deus, na Sua palavra lemos que: “O coração do rei é como um rio controlado por ti; e que o Senhor dirige este rio para onde quer”; então, pedimos que o Senhor controle e dirija o coração dos pais e governantes de Moçambique em favor dos diretos das jovens e meninas. Que eles se esforcem cada vez mais para acabar com o casamento infantil. Se esforcem para oferecer uma educação de qualidade para as meninas. Oramos também para que sejam firmes e rigorosos ao exigir que a lei seja cumprida e que através de penas severas eles punam todos os envolvidos em casamentos infantis. Em nome de Jesus”. Eu, Susie Pek, considero uma honra orar com você.

    ResponderExcluir