5 de jun de 2016

Oração do dia: 05/06

Ore por melhorias na saúde para os angolanos que vivem na região da febre amarela na África. 90% das 60.000 mortes anuais no globo ocorrem pela doença, de acordo com os dados da Organização Mundial da Saúde. Malária, cólera e diarreia constante são preocupantes em Luanda e outras cidades, em parte pelo colapso dos serviços de saneamento e coleta de lixo, relataram os oficiais da saúde ao jornal All Africa.

Um comentário:

  1. Olá, eu, Susie Pek, apresento a oração de hoje. Nossa oração hoje é pelas mães e crianças que vivem na África em comunidades onde o sistema de saúde é muito precário. Pensando nesta situação, me lembrei do filho de uma amiga que quando tinha três anos foi diagnosticado com meningite bacteriana. Num curto período de seis horas ela viu o seu menino tão cheio de alegria e vida, ser levado para a UTI num estado tão crítico, que a pediatra que os acompanhava apenas olhou em silêncio e saiu chorando. Naquele momento ela entendeu que apesar da maravilhosa estrutura daquele hospital e dos excelentes médicos, a vida do seu filho dependia de um milagre de Deus. Então, ajoelhada num canto da sala de espera clamou pela cura e pela vida do seu menino e o Senhor na Sua infinita misericórdia a ouviu. Hoje relembrando este fato eu louvo ao Senhor, mas por outro lado fico triste pensando que ainda existem milhares de mulheres e crianças que perdem a vida pela falta de assistência médica adequada. Existem regiões africanas que ainda sofrem com surtos de doenças como a febre amarela, que causa febre alta, mal estar, dor de cabeça, dor muscular, cansaço, calafrios, náuseas, vômitos e diarreia. Apesar da maioria dos doentes se recuperam após três ou quatro dias, alguns apresentam sintomas graves que podem levar à morte. Vamos orar? “Senhor, oramos em favor dos angolanos que vivem nas regiões afetadas pela febre amarela. Oramos por melhorias na área de saúde daquele país. Pedimos para que o Senhor dê uma porção dobrada de fé, para as mulheres que tem seus filhos doentes na forma mais severa da febre amarela. Oramos para que tenham forças para suportar as dificuldades. Em nome de Jesus”. Eu, Susie Pek, considero uma honra orar com você.

    ResponderExcluir