14 de set de 2015

Oração do Dia: 14/09

Ore pela casa Ana na Tanzânia, um ministério do PA local, no qual as mulheres aprendem a costurar uniformes escolares para seus filhos e itens para ter uma renda. Ore também por voluntários compromissados e recursos necessários para transporte para visitar os 175 grupos de oração (mais de 2.500 intercessores) de 25 denominações diferentes em 11 regiões do país. Eles normalmente viajam grandes distâncias, às vezes 19 horas de ônibus, para alcançar ouvintes e intercessores.

Um comentário:

  1. Olá, aqui é Juliana Taveira e apresento a oração de hoje. O voluntariado traz benefícios tanto para a sociedade em geral como para o indivíduo que realiza tarefas voluntárias. E o Projeto Ana tem a mesma linha que a ONU, quando envolve voluntários intercessores, produtoras dos programas Mulheres de Esperança, coordenadoras do Projeto em vários países e gestores de projetos sociais em favor das mulheres. Vamos agradecer e orar pelas voluntárias do Projeto Ana participam da ação social do projeto na Tanzânia, oferecendo amizade, conselho e amor de Deus ao ensinarem mulheres a ler, costurar, e desenvolver outras aptidões. Vamos orar pelas mulheres que estão recebendo cuidados na Casa de Apoio Ana da Tanzânia. Lá elas têm encontrado apoio, cuidado e a oportunidade de ter a dignidade resgatada através da inclusão profissional na sociedade. Você me acompanha em oração? “Senhor, nós agradecemos pela equipe organizadora que trabalha para cumprir os seus propósitos em favor das mulheres na Tanzânia. Levantamos um clamor especial por recursos financeiros para a compra de um transporte para a visitação dos 175 grupos de oração em 11 regiões diferentes no país. O Senhor tem os recursos. O Senhor tem as pessoas certas para isso. Pedimos que esses recursos sejam liberados única e exclusivamente para abençoarmos as mulheres de lá! Que elas em seguida saibam que foi o Senhor que lhes proporcionou esses privilégios! Pedimos por sabedoria para os diretores e voluntários que tem se comprometido nessa obra de amor e que desejam abençoar mulheres carentes da região. Em nome de Jesus”. Eu, Juliana Taveira, conto com suas orações.

    ResponderExcluir