2 de set de 2015

Oração do Dia: 02/09

Ore por estabilidade política e econômica na África Oriental a fim de que recursos necessários, como assistência médica e suprimento de alimento sejam disponibilizados para as mulheres e suas famílias. Ore pelos líderes que trabalham para o bem de seus cidadãos. Ore também pelos refugiados e pelos que estão internamente deslocados que desejam se estabelecer num lugar seguro.

Um comentário:

  1. Olá, aqui é a Juliana Taveira e apresento a oração de hoje. A fistula é um ferimento devastador que faz mal à mulher física, social e emocionalmente. A fístula é um orifício no canal de parto causado por trabalho de parto obstruído. A fístula também pode ser causada durante um estupro violento. Mulheres com fístulas sofrem constante incontinência urinária, vergonha, segregação social e problemas de saúde. Marli Spieker, descreve em uma de suas cartas, que ficou com o coração apertado quando leu o testemunho de um médico que trabalha no Hospital de Fístula em Addis Ababa que dizia assim: “Uma paciente bonita, do norte da Etiópia sofreu um dano permanente na coluna durante um parto obstruído que durou por oito longos dias. Eventualmente, seu bebê nasceu morto e ela nunca mais voltará a andar…”. Ela provavelmente era uma noiva-criança e seu corpinho não estava pronto para gravidez. Ore conosco por essas mulheres e meninas, pois elas precisam ter um tratamento médico adequado. “Querido Deus, oramos agora por estabilidade política e econômica na África Oriental para que os recursos necessários, como assistência médica e suprimento de alimentos sejam disponibilizados para as mulheres e suas famílias. Oramos para os líderes trabalhem para o bem-estar de seus cidadãos. Oramos pelos médicos e enfermeiras que cuidam de muitas pacientes. Dê a todos eles perseverança e muito amor para tratar destas mulheres machucadas no corpo e com uma enorme cicatriz na alma. Lembramos também dos refugiados, providencia um lugar seguro para reconstruírem suas vidas. Cura Senhor, o corpo e alma destas mulheres, em nome de Jesus”. Eu, Juliana Taveira, conto com suas orações.

    ResponderExcluir