1 de set de 2015

Oração do Dia: 01/09

Ore para que mulheres construam bons relacionamentos com seus familiares e com Deus ao aprenderem lições valiosas nos programas Mulheres de Esperança (ME). Louve a Deus por vidas transformadas através dos ministérios do Projeto Ana (PA) que alcançam mulheres em suas línguas locais.

Um comentário:

  1. Olá, aqui é a Susie Pek e apresento a oração de hoje. A África Oriental é uma das áreas mais pobres do mundo e muitas guerras tornam a vida insuportável. As africanas enfrentam desafios comuns como a pobreza, analfabetismo, casamentos forçados, violência doméstica e problemas de saúde como a prática da mutilação genital feminina, fístulas, morte no parto além da AIDS. Na Etiópia, cerca de cem mil mulheres sofrem de fístulas e a cada ano surgem cerca de 900 novos casos. Muitas mulheres e meninas morrem devido a complicações durante a gravidez e no parto. Em algumas áreas, meninas com apenas 6 anos são dadas em casamento à homens muito mais velhos. Muitas noivas-crianças sofrem e morrem por doenças relacionadas à AIDS, pois seus maridos são polígamos. Milhares de meninas deparam-se com a viuvez, as vezes o divórcio e precisam criar seus filhos sozinhas. No Quênia, violência física e sexual, principalmente estupros são muito comuns. Nenhuma lei proíbe estupro matrimonial ou infantil e o número de molestamentos estão crescendo a cada dia. Vamos orar: “Senhor, oramos agora em favor das mulheres que vivem na África Ocidental. Dê a elas a oportunidade de conhecerem o Seu amor, de entenderem o quanto são dignas e preciosas aos Seus olhos. Que através dos programas “Mulheres de Esperança” elas aprendam valiosas lições, sobre como construir bons relacionamentos com seus familiares e com Deus. Louvamos o Seu nome pelas vidas transformadas através dos ministérios do Projeto Ana nos dialetos locais. Oramos para que elas possam através de uma nova vida em Cristo olhar novamente para o futuro, com esperança e fé. Em nome de Jesus, oramos”. Eu, Susie Pek, considero uma honra orar com você.

    ResponderExcluir