30 de nov de 2011

Declaração de Eliene, uma aluna da Casa de Apoio Ana - Araguaína

"Eu peguei quarenta reais e comprei tintas, pincel e tecido; comprei tudo e comecei a pintar em casa. Já  pintei minhas primeiras toalhinhas sozinha. Estou muito feliz e fico encantada olhando para a pintura".

Essa aluna veio para a CAA para aprender a fazer tapetes; hoje, produz sob encomendas. Há cinco meses entrou na aula de pintura; ficou maravilhada; identificou-se e já está produzindo.

Louvamos a Deus por essa benção e também pela alegria que vemos em seu rostinho quando termina cada trabalho.
Um abraço
Eva: Gestora da Casa de Apoio Ana (CAA)

Eliene com suas pinturas

28 de nov de 2011

PA na comemoração do Dia Internacional de Combate à Violência Contra a Mulher em Araguaína

Eva, representante do Projeto Ana em Aragauína, compartilha conosco sobre o evento:

Estavam presentes na comemoração a Banda da Polícia Militar, a Universidade do Envelhecimento de Araguaína (UNIENVA), o Conselho Municípal da Mulher, Polícia Militar Comunitária,  Assistentes Sociais, a Vara Especializada no Combate a Violência Doméstica e Famíliar Contra a Mulher, o Vice-Prefeito de Araguaína, Sr. Amilton Cardoso, representantes Políticos da Prefeitura e o Projeto Ana.

Banda da Polícia Militar
Eva, Sílvio e o Vice- Prefeito, Sr.  Amilton
                                     
Na ocasião foi colocado um laço branco no braço dos homens como solidariedade ao combate à violência. Foram feitas carteiras de indentidade e flores foram entregues para as mulheres.

Sílvio, adesão ao movimento
Mas a conscientização do trabalho realizado na cidade em prol das mulheres através do P.A. foi um dos pontos altos, pois tem orientado como evitar a violência através de uma única pessoa, Jesus e dos princípios cristãos esclarecidos e estabelecidos por ele.


Simone, representantes da Polícia Militar, Eva. Elzivam
Essa foi uma ótima oportunidade para divulgar os trabalhos realizados pelas alunas da CAA e também vendê-los.

Venda de trabalhos
Silvio, presidente da Associação que administra a CAA, comunicou que " muito se tem falado da conquista das mulheres em vários setores: social,  finaceiro, psicológico, antropológico. Porém nos esquecemos de como a mulher é valorizada por Deus desde que a criou, para que fosse uma auxiliadora e não uma pessoa de segunda classe. A Bíblia sempre valorizou as mulheres e Jesus foi contra toda a tradição que colocava a mulher como cidadã de segunda categoria."


Sílvio compartilhando da importância da mulher

<><><>
Eva e Núbia Marinho, Presidento do Conselho Municipal dos Direitos da Mulher, Araguaína/TO





25 de nov de 2011

Dia de Combate à Violência Contra a Mulher

A data, estabelecida em 1981 durante o 1º Encontro Feminista Latino-americano e do Caribe, é uma homenagem às irmãs Mirabal, ativistas políticas da República Dominicana, conhecidas como Las Mariposas. As duas foram assassinadas em 1960 durante o governo do ditador Rafael Trujillo.

As irmãs foram mortas quando regressavam de uma visita a seus maridos, presos por oposição ao regime de Trujillo. A morte das duas ativistas provocou protestos dentro do país e na comunidade internacional, intensificando a oposição contra o governo. Trujillo acabou sendo assassinado um ano depois da morte das duas irmãs.

Apesar dos avanços nas políticas de proteção à mulher, os casos de violência ainda são frequentes. Uma em cada cinco brasileiras declara já ter sofrido algum tipo de violência por parte de um homem. Estatísticas mostram também que, a cada 15 segundos, uma mulher é espancada no Brasil, o que representa cerca de 2 milhões por ano.

 O Projeto Ana abraça esta causa contra a violência da mulher!


24 de nov de 2011

Dia do Combate à Violência da Mulher - Araguaína

O Projeto Ana  através da Casa de Apoio em Araguaína estará presente sexta-feira, dia 25 das 8 às 11:00 hrs, na Praça das Bandeiras para um evento juntamente com outros orgãos do governo para comemorar o Dia de Combate à Violência Contra a Mulher . Nesse dia os homens colocarão uma fita branca no braço em solidariedade às mulheres.
A Equipe da Casa de Apoio Ana foi convidada pela Polícia Militar Comunitária. Será possível divulgar o objetivo do Projeto Ana, vender os artesanatos que as mulheres realizam na casa e também levar a mensagem das boas novas do evangelho.
"É exatamente isso que vamos fazer", relata Eva, gestgora da CAA e representante do Projeto Ana em Araguaiía e regiões. Ela continua: "Peço oração para que essa ação traga aos corações o convencimento que Jesus Cristo é a resposta para tanto conflito familiar".

21 de nov de 2011

Projeto Ana, fazendo a diferença na vida das mulheres do povoado Remanso dos Botos

O Projeto Ana em parceria com a ONG Pró-Vida, realizou através da CAA, atendimentos às mulheres do povoado de Remanso dos Botos no município de Xambioá-TO. Foram atendidas 20 mulheres, entre 17 a 76 anos.
 
A maioria das pacientes relataram que têm dificuldade de realizar periodicamente o exame contra o câncer de colo de útero devido ao difícil acesso a esse povoado.

"Em conversas informais sentimos das mais antigas moradoras a vontade de ler a Bíblia", comenta Eva, a representante do Projeto Ana, e acrescenta "Ela compartilharam que não conheciam as letras e que dependiam dos netos para ler para elas. Temos muito que fazer no povoado Remanso dos Botos. Peço oração e orientação de Deus de como devemos dar continuidade a ações como essa".
Elzivam, engajada no Projeto Ana  sonhara em realizar esse trabalho. O sonho dela se deu no I Fórum do Projeto Ana (PA) realizado em Curitiba em 2010 , onde Deus falou ao seu coração da necessidade desse povo que ela já convivia há algum tempo. Depois de um ano, Deus concedeu a realização dessa ação maravilhosa.
Eva comenta com entusiasmo: "O Senhor usou de maneira grandiosa e muito carinhosa o casal Nereu e Elzivam para recepcionar as famílias de B.R., a equipe da CAA e do PA. Foi possível sentir o zelo e amor desse casal que se empenhou para dar o melhor. O resultado não atingiu somente as mulheres, mas suas famílias, que saíram alimentadas espiritualmente e fisicamente".
 
Vejam as fotos.
                                     Casal anfitrião: Nereu e Elzivan, ela é contadora da CAA

Elzivan dando as boas vindas


Mulheres que participaram


Eva apresentou o Projeto Ana e a Associação Celina Rempel,
que administra a Casa de Apoio Ana em Araguaína



Riacho Boto Remanso




1 de nov de 2011

Novembro 2011 - Louvor e Gratidão


Louve a Deus por seus feitos maravilhosos durante os 14 anos de ministério do Projeto Ana! Louve-o mesmo em meio do sofrimento que envolve as mulheres a quem servimos. Assim como José não entendeu os propósitos de Deus quando seus irmãos o venderam como escravo e quando ele passou anos na prisão por algo que ele não fez, há muito que não entendemos.

Problemas como crianças adoentadas, 
pobreza, casamentos desfeitos e