9 de mai de 2016

Oração do dia: 09/05

   Ore por viúvas em Malaui que trabalham pesado para sustentar os filhos. Mesmo o costume sendo ilegal, é possível a mulher passar pelo pesadelo de perder todos seus pertences para a família do marido quando este falece.

Um comentário:

  1. Olá, eu Juliana Taveira, apresento a oração de hoje. Não é difícil reconhecer que vivemos num mundo em crise moral, política e espiritual. O número de viúvas e de órfãos cresce constantemente por causa das guerras e conflitos que se arrastam por anos destruindo cidades, vilas e famílias inteiras. Milhares de mulheres num piscar de olhos, perdem seus maridos, às vezes precocemente, e se veem confrontadas com a difícil tarefa de sobreviver e de cuidar da família por conta própria e a maioria delas não está preparada para este desafio. Algumas ainda podem perder todos os seus pertences para a família do marido. A situação ainda é agravada pelo fato de alguns países enfrentarem uma séria crise econômica, que faz com que muitos dos seus cidadãos vivam em extrema pobreza, pela falta de trabalho e oportunidades. Cuidar das necessidades físicas e espirituais das viúvas e dos órfãos sempre foi uma parte integrante da adoração a Deus, em Tiago 1: 27 lemos: “A religião que Deus, o nosso Pai aceita como pura e imaculada é esta: cuidar dos órfãos e das viúvas em suas dificuldades e não se deixar corromper pelo mundo”. Como podemos aliviar o sofrimento das viúvas? Como enfrentar tantos desafios religiosos ou culturais para levar esperança a essas mulheres? Podemos começar orando, então te convido agora a fechar os seus olhos e a orar comigo: “Querido Deus, neste exato momento milhares de viúvas que estão sofrendo maltrato por parte de seus familiares, poucas têm oportunidades de emprego e passam por enormes dificuldades. Oramos pelas viúvas em Malaui que trabalham pesado para sustentar seus filhos. Oramos também por aquelas que são perseguidas em suas comunidades e até por suas famílias devido a sua fé em Cristo. Age com Seu Espírito para que elas conheçam a paz em suas almas. Em nome de Jesus”. Eu, Juliana Taveira, conto com suas orações!

    ResponderExcluir