30 de ago de 2009

Igreja Evangélica Livre

O mês de agosto é mês de missões na Igreja Evangélica Livre em São Paulo. Neste ano comemora seu 50° aniversário! 

São 50 anos de envolvimento com missões e por sua vez com missionários. Desde seu início esta igreja esteve envolvida com a Rádio Trans Mundial: ambas foram construídas lado a lado, e ainda permanecem juntas no mesmo propósito de levar o evangelho a toda a criatura. 

No domingo, 30 de agosto de 2009, foi a vez da Rádio Trans Mundial participar como agência missionária. 
São as ondas do rádio que espalham pelos ares do Brasil e do mundo, a mensagem salvadora de Jesus Cristo. Crianças, homens e mulheres aprendem da palavra de Deus, que os liberta. 

O diretor executivo da RTM-Brasil, José Carlos, deu testemunho de como os programas irradiados fazem diferença na vida de tantos brasileiros, levando-os a entender o amor de Deus e seguir seus mandamentos. Ao mesmo tempo agradeceu a participação da igreja, que apoia fielmente este ministério em oração, financeiramente e através do voluntariado. É o caso do Pr. Klaus Rempel, vice-presidente e Celina Rempel, atual coordenadora nacional do Projeto Ana. 

Celina Rempel, membro desta igreja, voluntaria no Projeto Ana, desde 2002. Primeiramente como co-produtora/locutora do programa Mulheres de Esperança, segue locutora e responsável pela implantação do projeto Ana no Brasil. 

“Como é bom uma igreja estar enviando missionários para os campos brasileiros e apoiando-os em seus ministérios!”, explica Celina Rempel 


Celina Rempel
Coordenadora Nacional do Projeto Ana Brasil
 

Culto de Missões

Apelo missionário fez parte do 10° Culto de Missões deste ano promovido pela Igreja Batista da Reconciliação do Imirim -SP. O líder, Edson Dedino, promove cultos mensais para incentivar os irmãos no envolvimento com missões, além de trabalhar com drogados, capelania hospitalar, sopão e missões urbanas. 
Na noite de 30 de agosto de 2009, a igreja esteve envolvida com o apelo missionário do Projeto Ana. 

“Nestq noite, queremos sair deste culto com nossas esperanças renovadas, mesmo depois de saber das atrocidades que acontecem com as mulheres no mundo”, foram palavras introdutórias de Celina Rempel, Coordenadora Nacional Projeto Ana –Brasil e apresentadora do programa Mulheres de Esperança. 

Com a apresentação de um vídeo sobre mulheres cristãs perseguidas por sua fé, o Projeto Ana seguiu comovendo os corações diante dos fatos: 
- Meninas vendidas para prostituição pelos próprios pais que as iniciam sexualmente. 
- A cada 7 minutos uma mulher é espancada em SP. 
- Violência doméstica mata mais mulheres no mundo do que câncer de mama. 

No final do culto, a dedicação da pequena menina Manuela deu-nos esperança de podermos orar para que muitas outras meninas recebam as mesmas orações, o mesmo cuidado dos pais e de uma igreja, para que cresçam protegidas , tornando-se mulheres cristãs, maduras e felizes! 

Agradecemos a Deus pelos intercessores que se comprometeram a apoiar este ministério, porque “oração não é o mínimo que podemos fazer; é o máximo. Precisamos de mais cristãos para os quais orar é o primeiro recurso, não o último” (J. Blanchard). 

E você, nos acompanha nesta jornada? Cadastre-se como intercessor(a) e envolva sua igreja neste ministério global de oração, conscientização e compaixão às mulheres sofridas no Brasil e no mundo. 


Celina Rempel
Coordenadora Nacional do Projeto Ana Brasil
 

29 de ago de 2009

Culto de Aniversário da Igreja

24 horas de oração envolveram os membros da Igreja Missionária Evangélica Missionária do Betel Brasileiro - Jardim Tremembé - SP. Existe maneira melhor de uma igreja comemorar seu aniversário do que envolver os membros em oração? 

O tema desenvolvido durante esse ano, baseado em 1Ts 5.17 está desafiando os membros da igreja - “A Prática da oração da vida cristã”. Para abrilhantar este dia, o Projeto Ana esteve presente envolvendo a igreja neste ministério de encorajamento e compaixão em favor das mulheres oprimidas no Brasil e no mundo. 

A conscientização do que acontece com as mulheres no mundo e no Brasil no leva a orar, quando nos confrontamos com os seguintes dados: 
- ter uma filha na Índia é um problema social: o pai deve ter recursos para casar sua filha. Ele oferta o dote à família do noivo. Se não tem recursos, preferem abandonar as recém-nascidas nas ruas. De qualquer forma elas não teriam valor. 
- 3.000 mulheres, de 10 a 24 anos, são infectadas a cada dia pelo HIV. 
- 40 mil mulheres trabalham nos bordéis da Tailândia. 
- a cada 7 minutos uma mulher é espancada em SP. 

Esses são apenas alguns dados que o Projeto Ana identifica como “uma inimizade espiritual que acompanha as mulheres”, baseado em Gn 3.15. Mas é através dessa realidade que convoca milhares de intercessoras e intercessores para intercederem por meninas, jovens e mulheres que ainda não conhecem o amor de Deus. 

Nesta noite, Deus moveu os presentes a amar o mundo através da oração, porque “sempre que Deus deseja realizar algo, ele convoca seu povo para orar.” (Charles Spurgeon) 

Comovidos e desafiados diante da triste opressão espiritual que envolve as mulheres, os irmãos e irmãs incluíram os pedidos dos Calendários Mensais de Oração do Projeto Ana em suas atividades e vigílias. 

A Equipe do Projeto Ana agradece a esta amada igreja pela visão missionária e sustento em oração. 


Celina Rempel
Coordenadora Nacional do Projeto Ana Brasil
 

1 de ago de 2009

Chá de Celebração - 1 ano do Projeto Ana

Um convite especial foi feito para a coordenação do Projeto Ana para participarmos do Chá de Celebração do primeiro ano do Projeto Ana na Igreja Evangélica Templo Cristão. 
O grupo de oração que se reúne regularmente sob a liderança de Mariana estava presente. Foi uma alegria conhecê-las! Esse grupo de intercessoras, apoiadas pelo casal de pastores Mario e Elisete, abraçou a causa do Projeto Ana seriamente. Mariana já divulgou o Projeto Ana em mais duas igrejas. 

Assim, mais intercessores nos surpreendem com suas orações e apoio ao ministério. 
Uma tarde de alegria por conhecermos missionárias que se compadecem pela causa da mulher. Celina Rempel e Susie Pek se surpreenderam ao encontrarem uma senhora, que com seus 104 anos, faz parte do grupo de oração! 
Louvamos a Deus por essas vidas, que se colocam como intercessores pela justiça de Deus na vida de tantas mulheres sofridas. 
Pedimos a Deus que essa igreja seja recompensada pela alegria de verem as vidas de mulheres restauradas pelas orações! 


Celina Rempel
Coordenadora Nacional